Autores

Elias José, mineiro da Pratinha (Santa Cruz da Prata), residiu em Guaxupé desde os 13 anos, onde lecionou Literatura e Linguística. Recebeu o 1° lugar no Concurso Literário da revista “Vida Doméstica”. E, depois, diversos prêmios, entre eles o Jabuti. Escreveu obras didáticas, romances e poesias, mas revelava preferência pela literatura infanto-juvenil. Com a RHJ publicou Luta tamanha, quem ganha?. Faleceu em agosto de 2008, aos 72 anos de idade.

 

Elza Beatriz – autobiografia: “Com meu pai, engenheiro amigo de escritores e de gordas estantes, aprendi cedo o brinquedo dos livros. Eles se intrometiam até nos sapatos de Natal, acompanhados de recados garatujados com carvão de chaminé que terminavam sempre assim: ‘e no ano que vem virei saber se se portaram bem e se leram tudo’. Eu não só lia como me metia a escrevinhar também. De rabisco em rabisco, passei do jornalzinho do colégio ao da faculdade. Para crianças, comecei a escrever em 1980, desafiada por meu filho, que me cobrou poemas de ‘que menino gostasse’. Aprendi então que no entendimento gente crescida / gente crescendo cabe à primeira reabrir-se em vez de encolher-se, para chegar ao sem-tamanho daqueles que estão a descobrir o mundo. Acho, como Portinari, que a poesia pousa às vezes num momento, num lugar, num escrito. Fico em acesa vigia. Quando a surpreendo, guardo-a rápido e me trabalho muito para tentar soltá-la multiplicada em palavras e em silêncios. Principalmente, no grande silêncio cúmplice no coração das palavras e das pessoas, que é onde acontece o diálogo mais intenso entre o escritor e o leitor.”

Elza nasceu em Belo Horizonte, em 1935 e faleceu em 1992. Com a RHJ publicou Sol com Chuva.

 

Euclides Guimarães Neto é Sociólogo formado pela UFMG e Mestre em Comunicação e Cultura pela ECO/UFRJ. Trabalha como professor assistente na PUC-MG, onde leciona “Teorias Sociais” e “Cenários Contemporâneos” e atua como professor adjunto na FUMEC, lecionando “Historia da Arte” e “Cultura Brasileira”. Além disso, pesquisa, publica artigos, capítulos, crônicas e presta consultorias em projetos voltados aos temas “arquitetura pública”, “arte e cultura”, “lazer e consumo”, “metodologia do design”, “complexidade” e “contemporaneidade”. Ministra cursos de pós-graduação no IEC PUC-MG, UFMG e FUMEC. Pela RHJ Editora publicou o livro Educar pela Sociologia: contribuições para a formação do cidadão em parceria com José Luis Braga Guimarães e Marcos Arcanjo de Jesus.

 

Fábio Amaro é jornalista e escritor, formado em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI-BH). Correspondente internacional do jornal Hoje em Dia em Nova York, Estados Unidos, desde o ano de 2001; e diretor do jornal Green Card News, também em Nova York. Autor de cinco obras literárias, sendo três delas publicadas pela editora RHJ: Austrália – uma história para contar; O mundo hoje e Uma história de arrepiar.

 
 


Página 7 de 25