Autores

Flávio Berutti é licenciado em História pela UFMG, com especialização em Metodologia da História, pela PUC-MG. Fez mestrado em História Ibero-americana pela PUC-RS. É professor no Departamento de Ciências Humanas, Letras e Artes do UNI-BH. E autor de vários livros, entre eles, Brasil, 500 anos de esperança; O mundo hoje; Meu amigo azul / Paixão em preto e branco, Ensinar e Aprender História e História – Atualidades para o ENEM, publicados pela RHJ Editora.

 

Francisco Aurélio Ribeiro nasceu em Ibitirama (ES) em 1955. Estudou na terra natal, cursou Letras e Direito em Cachoeiro de Itapemirim. A especialização em Língua Portuguesa foi feita na PUC-Minas e o Mestrado em Literatura Brasileira e Doutorado em Literatura Comparada na UFMG. De volta à terra natal, passa a lecionar na UFES, área de Línguas e Letras. Participou da criação da revista "Você", espaço onde se divulgam os novos escritores do Espírito Santo. O autor é membro da Academia Espírito-santense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico do mesmo estado, pertencendo ainda à Academia de Letras Humberto de Campos, de Vila Velha. É poeta e cultor da crítica literária. Acompanha de perto a evolução da literatura capixaba, destacando-se seus dois livros Estudos críticos de literatura capixaba, de 1990 e A Modernidade das letras capixabas, de 1993. Com a RHJ, publicou Mistérios de lá e de cá e Frajola e sua paixão.

 
Graduada em Pedagogia (2006) e mestre
em Educação pela Universidade Federal de
Minas Gerais (2009). Doutoranda em Educação
também pela Universidade Federal de
Minas Gerais (2010) e bolsista do CNPq.
Analista Educacional da Secretaria de Estado
da Educação de Minas Gerais. Pesquisadora
na área de Política Educacional, com ênfase
na Política de Financiamento da Educação
Básica e Desempenho Educacional.
Geniana Guimarães Faria. Graduada em Pedagogia (2006) e mestre em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2009). Doutoranda em Educação também pela Universidade Federal de Minas Gerais (2010) e bolsista do CNPq. Analista Educacional da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais. Pesquisadora na área de Política Educacional, com ênfase na Política de Financiamento da Educação Básica e Desempenho Educacional.
 

Giulieny Matos:

Formei-me aos 20 anos em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília. Atualmente, trabalho como Assessora em uma unidade da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal.

Escrever faz parte de meu cotidiano há muito tempo. É uma atividade que me emociona me traz alegria, me realiza. Além de me divertir muito com o que escrevo, busco também divertir e provocar, com textos inusitados, pessoas e pessoinhas!

Gosto de escrever sobre temas relacionados ao cotidiano e à família, com toques de humor e de diversão. Creio que o incrível da vida é a oportunidade de se autoreinventar e escrever nos proporciona esta experiência.

 

Guido Heleno nasceu em Anápolis, Goiás. Ainda criança mudou-se para Brasília, onde se formou em Jornalismo. Ao se especializar em produção e direção de tevê, dedicou-se a produzir programas infantis. Até então escrevia contos e poesias, mas a seguir passou à criação de literatura infantil. Na editora RHJ publicou A Cobra Banguela e Minhoca Travessa.

 


Página 8 de 25