Ilustradores

Ricardo Rodrigues. Meu interesse pelas artes gráficas vem da época de criança, tempo em que me inspirava nas ruas e fachadas dos casarios antigos de onde nasci – Cidade de Goiás, também conhecida como Goiás Velho. Na adolescência, mudei-me para Goiânia, onde me formei em Design na Universidade Federal de Goiás (UFG), em 2005. Iniciei a minha carreira na imprensa, em jornais da capital, onde atuo como ilustrador, infografista e cartunista – atividade, na qual, meu trabalho se destaca. Humor e irreverência são marcas fortes do meu traço, o que me deixou mais seguro para recriar as referências aos tempos verbais deste inusitado livro. Pela RHJ, ilustrou o livro Soltando os bichos em três tempos.

 

Roberto Lanznaster:

Roberto Lanznaster é catarinense de Jaraguá do Sul. Designer gráfico, ilustrador e escritor. Autor também de A Flauta Mágica, uma reimaginação da ópera de Mozart ambientada na Amazônia Brasileira.

 

Rosa Maria Schettino estudou na Escola Guignard nos anos 70, mas foi no Suplemento Literário de Minas Gerais que se lançou como ilustradora. De lá pra cá, ilustrou livros didáticos infantis e infanto-juvenis para diversas editoras de Belo Horizonte. “É um trabalho que exige imaginação e muita dedicação. E o resultado não podia ser melhor – livros que encantam e seduzem crianças e adultos, de todas as idades”, comenta.

Recebeu menção honrosa com o livro Drácula Tupiniquim, de Alciene Ribeiro pela editora RHJ, tendo ilustrado também Que Pena!, de autoria de Ferrucio Verdolin Filho e Luta tamanha, quem ganha?, de Elias José.
 

Rubem Filho nasceu e vive em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Ilustrador de livros infantojuvenis desde 1996, é formado em Artes Plásticas pela Escola Guignard (Universidade do Estado de Minas Gerais), tendo se especializado em gravura em metal e litografia. Possui quase 80 livros publicados como ilustrador e projetista gráfico, e dois como escritor: Pretinha de Neve e os Sete Gigantes e A História de Gilgamesh, o Grande.

Pela RHJ, ilustrou Companhia de palhaços.

 
Sandra Bianchi é formada em Desenho e Gravura pela Escola de Belas Artes da
UFMG onde, até 1997, foi professora de Desenho. Atualmente, ministra aulas
no Curso de Design da Universidade FUMEC. Também é ilustradora de livros
infanto juvenis e uma das responsáveis pela modelagem e pintura de bonecos e
cenários do Grupo de Teatro Giramundo.
Foi premiada pelas ilustrações do livro A Viagem do João-de-Barro de Priscila
Freire, em 1995.
Sandra Bianchi é formada em Desenho e Gravura pela Escola de Belas Artes da UFMG onde, até 1997, foi professora de Desenho. Atualmente, ministra aulas no Curso de Design da Universidade FUMEC. Também é ilustradora de livros infanto juvenis e uma das responsáveis pela modelagem e pintura de bonecos e cenários do Grupo de Teatro Giramundo. Foi premiada pelas ilustrações do livro A Viagem do João-de-Barro de Priscila Freire, em 1995. Pela RHJ, ilustrou Trocando gato por lebre ou menino por vaca.
 


Página 8 de 10